“Sou a resistência contra o machismo”, afirma Gretchen

0
Gretchen durante gravação do DVD – AgNews/Lucas Ramos

Uma coisa sabemos, Gretchen sabe o que é viver. Esta foi uma pessoa que fez de tudo nesta vida. Desde as coisas que você mal pode imaginar até uma participação especial na novela das nove da TV Globo, ‘A Dona do Pedaço’.

+ Gretchen surpreende ao revelar seu grande sonho

Por isso, ela tem uma certa propriedade para falar sobre determinados assuntos. Um deles é sobre feminismo e a luta contra o machismo. E foi isso o que ela fez. Ela comentou, em entrevista concedida a Babbel, a pesquisa da The Patriarchal Rooted in Languages, que avalia o machismo em frases corriqueiras no Brasil. “Respeito não tem que se dar. Respeito se tem um pelo outro. Seja quem for. Homem ou mulher. Tem que existir para um bom relacionamento entre pessoas”, disse a cantora.

Entre uma das frases mais ouvidas pela brasileira, de acordo com a pesquisa, está a que ‘a mulher deve se dar ao respeito’. Sobre isso, ela foi enfática: “Respeito não tem que se dar. Respeito se tem um pelo outro. Seja quem for. Homem ou mulher. Tem que existir para um bom relacionamento entre pessoas”.

Ainda assim, Gretchen vê uma melhora: “A maioria dos homens já está vendo que não existe mais essa condição. Que a mulher está sendo valorizada e bem vista por tudo o que ela é. Estamos num momento onde a mulher está sendo enaltecida, empoderada, amada. Então eu acho totalmente fora da casinha ainda ter gente que continua reforçando frases e padrões que mantém o machismo existindo” avaliou a Babbel.

+ Gretchen passa por procedimentos estéticos e mostra o antes e depois

De sua época para cá, então, a diferença é bastante clara: “Claro que muita coisa mudou. Sou de uma época de ditadura, onde havia censura, onde a mulher ainda se submetia a ser dependente do homem. Eu sou a própria materialização da resistência contra o machismo. Sou um símbolo de independência: determinada, tenho o meu trabalho, sustento os meus filhos e faço o que quero da minha vida”.

+ Gretchen abre o coração e relembra momentos difíceis da vida: “Sofri violência doméstica”

Por fim, ela comentou o que deseja para as mulheres neste ‘Dia Internacional da Mulher’: “Que elas se valorizem, se amem, tomem o poder de ser mulheres. Nós temos o poder de sermos mulheres intuitivas, inteligentes, independentes e podemos ser tudo que a gente quiser”.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.