Jair Bolsonaro oficializa nomeação de Mário Frias na Secretaria Especial da Cultura

0
Mário Frias e Jair Bolsonaro – Instagram

Agora é oficial. O  presidente Jair Bolsonaro já nomeou o ator Mário Frias para a Secretaria Especial da Cultura. O ator substituirá a atriz Regina Duarte, que deixou o cargo há cerca de um mês. A nomeação foi publicada nesta sexta-feira (19) em edição extra do “Diário Oficial da União”.

Mario Frias esclarece sobre cargo no governo e defende Bolsonaro

Frias  é o quinto secretário de Cultura do governo federal em 17 meses. Nesse período, a Secretaria de Cultura já passou pelo comando de: Regina Duarte, Roberto Alvim, Ricardo Braga e Henrique Pires.

Mesmo antes de Regina Duarte deixar o cargo, Frias já era apontado como seu sucessor. O ‘namoro’ entre o presidente e o ator para o cargo começou no início de maio. Em paralelo, Regina Duarte começou a sofrer um processo de ‘fritura’ no governo.  O ator, inclusive, chegou a comparecer a um almoço com o presidente e aliados no dia 19 de maio.

Apoiador incondicional de Bolsonaro, Mário chegou a declarar  que existia uma “possibilidade real” de virar secretário.  Recentemente, o ator  endossou uma declaração polêmica do presidente sobre filmar hospitais como forma de fiscalizar a ocupação de leitos por pacientes com Covid-19.

“Não sei se está preparado”, dispara Márcio Kieling sobre Mário Frias na Secretaria da Cultura

Mários Frias começou a carreira a carreira na Globo em ‘Malhação’, em 1997. Ele atuou em tramas como “Meu Bem Querer’, ‘O Beijo do Vampiro’, ‘Senhora do Destino’, onde interpretou o deputado Thomas Jefferson. Seu último trabalho na emissora foi em ‘Verão 90’. Porém, o ator se afastou por anos da Globo, atuando em ‘Floribella’, na Band, ‘A Terra Prometida’, na Record. Como apresentador, Frias apresentou programa no SBT e na Rede TV!.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.