Após nova polêmica, jornalistas do SBT pedem demissão de Marcão do Povo

2
Marcão do Povo - Reprodução
Após nova polêmica, jornalistas do SBT pedem demissão de Marcão do Povo – Reprodução

Conforme já compartilhado aqui no seu Área VIP anteriormente, Marcão do Povo gerou uma grande polêmica na última semana ao ter feito uma declaração bastante curiosa acerca de uma tentativa de solucionar o crescimento acelerado nos casos de coronavírus. Na ocasião, ao vivo durante o ‘Primeiro Impacto’, o apresentador idealizou a construção de “campos de concentração” para as pessoas que testassem positivo para o Covid-19.

+ SBT faz pronunciamento sobre declaração polêmica de Marcão do Povo

“Não seria interessante pegar, por exemplo, montar um campo de concentração, com equipamentos sofisticados, com os melhores profissionais e colocar essas pessoas com problemas e sintomas… E acaba também de ter que espalhar dinheiro pros estados”, disparou, num trecho. Em meio a grande problemática instaurada que e que gerou uma repercussão negativa, jornalistas do SBT montaram uma campanha em prol da demissão do profissional, que já foi suspenso das suas atividades em pouco mais de 15 dias.

+ Marcão do Povo cria polêmica e rasga o verbo contra a Globo

De acordo com informações concedidas pelo portal UOL, os profissionais acusaram o âncora de não seguir as recomendações recomendadas pela OMS (Organização Mundial da Saúde), nem tampouco respeitando as determinações concedidas pelo SBT. A carta em questão ainda traz a fala de Marcão, ao qual é considerada inadmissível, salientando que ele não é digno de ser um nome contratado em uma das maiores emissoras do país.

Dentre os nomes que contribuíram em levar a carta para a direção de Jornalismo do canal da Anhanguera, apenas Dudu Camargo, que divide o comando do jornal matinal com Marcão, não assinou. Por fim, é essencial acrescentar que, mesmo em meio as campanhas realizadas, a decisão definitiva a ser colocada em prática segue sendo a de Silvio Santos, dono da rede.

2 COMMENTS

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here