Val Marchiori é condenada na Justiça a pagar bolada em dinheiro para Ludmilla

14
Ludmilla e Val Marchiori – Montagem/Área Vip

Nunca longe das polêmicas, a socialite Val Marchiori se envolveu numa daquelas por meados de 2016, durante o Carnaval, em que chegou a tascar críticas com teor racista sobre a cantora Ludmilla, no qual comparou o cabelo da funkeira com uma marca de produtos de limpeza, na época em que a artista era musa da escola de samba do Grupo Especial do Rio de Janeiro, o Salgueiro.

+ Esposa de Ludmilla descobre que teve coronavírus: “Chocada”

Ela, por sua vez, foi condenada pela Justiça a pagar uma indenização avaliada em torno de R$ 30 mil à ‘invocada’, definido pela 3ª Vara Cível da Ilha do Governador, na zona norte do Rio de Janeiro. De acordo com informações da revista Quem, a indenização neste valor leva-se em conta pelos danos morais, sendo a segunda condenação; a primeira, vale lembrar, foi feita em 2018, onde a ricaça precisaria desembolsar R$ 10 mil, porém a sentença foi anulada em segunda instância.

+ Globo toma decisão final sobre Ludmilla no elenco de ‘Arcanjo Renegado’ em meio a polêmicas

Enxurrada de críticas

Na época, Val virou alvo de comentários nas redes sociais e chegou a ser detonada pela Dona Silvana, mãe de Lud, que na época não havia tomado conhecimento do grotesco comentário da artista, mas repreendeu o posicionamento preconceituoso. “Primeiramente, ela deve estar mal informada. Aquele não era o cabelo da Ludmilla… Agora, independente disso, e se fosse o cabelo dela? É lamentável. Infelizmente, o preconceito existe e ele está aí. A gente vive com ele diariamente”, desabafou Silvana.

Reconciliação?

A socialite, numa entrevista concedida ao ‘Na Lata’, programa de Antonia Fontenelle no YouTube, relembrou uma passagem com a funkeira após toda a polêmica. Ela lembrar que foi procurar Lud e acabou revelando um lado pouco conhecido da cantora: “Ela estava lá no barco com a família dela. Fui até ela pedir desculpas. Sabe o que ela fez? Virou as costas para mim e saiu nadando. Mas tudo bem, é um direito dela”, confessou.

14 COMMENTS

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.